Sucesso financeiro depende de estudo, conclui pesquisa

64% dos entrevistados possuem especialização; 24% graduação; 7% mestrado; 3,5% ensino médio; 1% doutorado; menos de 1% estudou até ensino fundamental.Capacitação profissional é a ferramenta essencial para ter sucesso financeiro e alcançar o patamar da classe alta brasileira, ou seja, remuneração superior a R$ 6.563 mil/mês como classifica o IBGE, é o que concluiu estudo do Instituto de Pesquisa IP2 Outsourcing, de Curitiba.

A pesquisa que sustenta essa tese foi realizada no final do ano passado com 526 pessoas pertencentes a elite, de todas as regiões do País. Dos indivíduos que responderam ao estudo, 66% eram homens e 34% mulheres.

Do total, 95% dos entrevistados disseram que o sucesso profissional somente foi alcançado por meio do estudo. “Sem formação acadêmica, é praticamente impossível fazer parte da elite”, concluiu o professor de marketing e diretor do estudo, Marcelo Peruzzo.

Outra característica da elite, segundo ele, é a visão empreendedora de cada indivíduo, que busca esse meio por ser um caminho mais “curto e rápido para o sucesso”, sintetiza. Entre os entrevistados, 25% pensam em ter empresa própria; 21% afirmam que terão sua empresa; e 33% já possuem empresa própria.

Hoje, no Brasil, aproximadamente 11 milhões de pessoas são consideradas parte da elite – classes A1 e A2 (famílias com renda superior a R$ 6.563,73 – ou 6% da população total).

Confira outros dados da pesquisa

– 91% da elite considera que o ganho salarial/remuneração traz felicidade;

– 80% dos entrevistados se consideram satisfeitos profissionalmente;

– 60% da amostra afirma ter um ótimo ou bom relacionamento com seus chefes;

– 59% dos entrevistados dizem cumprir papéis ao mesmo tempo estratégicos e operacionais;

– Apenas 7% da amostra anseia ter um cargo político no futuro;

– 90% dos integrantes da elite praticam ou já praticaram ações de responsabilidade social;

– 95% acreditam em uma força superior;

– Formação acadêmica do entrevistados: 64% possuem especialização; 24% graduação; 7% mestrado; 3,5% ensino médio; 1% doutorado; e menos de 1% concluiu apenas o ensino fundamental.

Fonte: http://www.bonde.com.br/bondenews/bondenewsd.php?id=782LINKCHMdt=20080318

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s