Véspera do vestibular pede dieta especial

Véspera do vestibular pede dieta especial

Especialistas indicam refeições leves, ingestão de frutas e líquidos
Via: UNIVERSIA

Da Redação

De manhã ou à tarde, o vestibular exige preparo físico e mental do candidato. Por isso, quem se prepara para a maratona de provas deve dar atenção especial à alimentação. Quem tem dúvidas sobre o que comer pode seguir o cardápio de nutricionistas entrevistados pelo Universia, que inclui refeições leves, ingestão de frutas, líquidos e de alguns alimentos que, por suas propriedades específicas, ajudam na prova. É o caso da castanha-do-pará que por ser rica em selênio favorece a memória.

É claro que não adianta comer uma tigela de castanha-do-pará no dia da prova e esperar lembrar todas as fórmulas de Física – até aquelas que você não estudou. Cada alimento tem seu tempo para fazer efeito e, a depender do horário da prova, há um tipo de refeição mais adequada. Nutricionistas dizem o que se deve comer e quando comer para obter o resultado esperado. Confira a seguir. (No final da matéria você ainda encontra um cardápio especial para a véspera da prova)

Na véspera

De acordo com a nutricionista funcional, Maribel Gonçalves, deve-se evitar alimentos pesados até 48 horas antes da prova. Isso porque eles demoram a ser digeridos e assimilados pelo fígado e as toxinas precisam deste prazo para serem liberadas. Entra nessa lista a famosa feijoada, batata-frita, bife à milanesa entre outros. Segundo ela, o consumo desses alimentos aliados à tensão do vestibular pode resultar numa enxaqueca, por exemplo.

Na opinião de Maribel, o estudante deve dar preferência a carnes leves, peixes em especial. Embora algumas espécies sejam gordurosas, outras, por serem leves, têm fácil digestão. “O aluno pode comer salmão e sardinha e evitar molhos pesados e gordurosos como quatro queijos e molhos com carne. Frituras também devem ficar fora do cardápio”, alerta. Quanto à bebida alcoólica Maribel é enfática: “Ninguém faz um bom vestibular de ressaca”.

No dia D

A nutricionista da USJT (Universidade São Judas Tadeu), Margarethe Lage, recomenda a quem irá fazer prova pela manhã tomar café reforçado com frutas e cereais. “O aluno precisa repor a energia e restabelecer reservas de alimentos para o dia. É recomendável a ingestão de maçã, pêra, manga ou laranja que são bem aceitos pelo organismo, além de aveia, granola e cereais derivados do milho”. A nutricionista ainda recomenda comer banana, mas apenas para quem já está habituado com a fruta. “Nem todo organismo tem tolerância à banana, mas é uma fruta interessante porque causa saciedade”, explica Margarethe.

Também vale incorporar ao cardápio pão ou torradas. Segundo Maribel, o pão integral é uma boa pedida porque auxilia nos reflexos cerebrais do aluno. “O carboidrato é o mais indicado porque fornece glicose ao organismo e auxilia as funções cerebrais. Sendo integral, a substância é eliminada de forma gradual e auxiliará o estudante na hora da prova”, diz.

Os pré-universitários que realizarão o vestibular no período da tarde devem almoçar antes de sair de casa. Margarethe aconselha a ingestão de arroz, massas sem recheio e, de novo, peixes – em especial porque eles saciam a fome. “Todas as refeições devem ser moderadas para não causar sonolência e sensação de moleza”, orienta. Ela explica ainda que arroz e massas devem vir acompanhados de outros alimentos como a salada, filé de frango e uma fruta de sobremesa. Segundo Margarethe, ingerir só a massa causará fome mais depressa, pois é um alimento que sacia a fome apenas em curto prazo.

Outra dica importante é não comer nada fora de casa. “Fazer alguma refeição em lanchonetes na rua não é recomendado. O risco de comer algo contaminado é grande e isso pode prejudicar o candidato na hora do vestibular”, adverte Margarethe.

Na hora da prova

As nutricionistas recomendam levar água, frutas de fácil consumo como a banana ou maçã, biscoitos secos e, de preferência, sem recheios. Barra de cereal, suco de caixinha e água de coco também são boas opções. Elas ainda orientam os candidatos a evitar frutas úmidas, alimentos que causam sede e recomendam alimentos mais fáceis de manusear, pois o barulho de embalagens pode atrapalhar os demais candidatos na sala.

Mito ou verdade?

A dica de consumir chocolates durante a prova é considerada um mito para a nutricionista Maribel. “O chocolate vai repor a energia rapidamente e será absorvido pelo organismo da mesma forma, além de ser um alimento gorduroso”, explica. Sua recomendação é que sejam consumidos alimentos integrais.

Consumir balas ou chicletes para se acalmar também é considerado mito. Segundo a nutricionista Margarethe Lage, o ato de mastigar pode tirar a atenção do aluno e o manuseio para abrir as embalagens também. Além disso, são produtos que não vão suprir a energia que o estudante precisa na hora de fazer a prova.

“Com o chiclete pode ser ainda pior. A produção de suco gástrico aumenta e o pré-vestibulando pode correr o risco de ter uma dor de estômago durante a prova”, afirma. Porém, Margarethe diz que o ato de mastigar muitas vezes é uma necessidade individual de cada um. “É preciso avaliar se a mastigação deixará o candidato mais calmo, se sim, o uso do chiclete é livre”, diz.

Por fim as nutricionistas ainda recomendam manter a mesma alimentação a qual se está acostumado. “O estudante não deve fazer muitas variações na alimentação, desta forma corre menos risco de passar mal”, diz Maribel. (Confira, abaixo, uma opção de cardápio para a véspera do vestibular)

Café com leite – 1 xícara
Pão integral – 2 fatias
Manteiga – 2 pontas de faca
Peito de Peru – 1 fatia
Fruta – 1 unidade (tangerina, papaya, banana prata, maçã)
Suco de Fruta natural
Arroz integral – 3 colheres de sopa
Lentilha – 2 colheres de sopa
Filé de Frango grelhado 1 unidade média
Legumes cozidos (cenoura, vagem, chuchu) – 2 colheres de sopa
Salada de alface com tomate – 1 prato de sobremesa
Banana com canela ao forno – 1 unidade
Suco de fruta natural – 1 copo
Vitamina de Frutas (leite, aveia, morango, papaya, banana)
Pizza – 2 fatias

Suco Natural de Frutas

Gelatina – 1 pote pequeno

Chá de erva cidreira
Leite com Cereais Matinais e frutas (banana ou morango)
Chá de erva doce
Maçã – 1 unidade
Macarrão com molho (espaguete) – 1 prato raso
Carne Assada – 1 fatia
Purê de mandioquinha – 2 colheres
Salada de brotos de alfafa – 1 pires de chá
Maçã cozida com canela – 1 unidade
Suco Natural de Frutas
Água, fruta, cholocate ou barra de cereais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s