Qual o perfil dos alunos que entram na Fuvest?

Via: http://www.leofraiman.blogspot.com/

Existe uma série de fatores que entram em jogo quando a gente pensa em uma aprovação em um vestibular exigente como o da Usp (Fuvest), o da Faculdade Getúlio Vargas, Unicamp, das Faculdades Federais, enfim, em uma competição como esta.
Existe, em primeiro lugar, a formação ao longo de toda escolaridade (o desempenho no Ensino Fundamental, depois no Ensino Médio). As pesquisas nacionais indicam que os jovens que têm o hábito de estudar, com hora, local e um sistema regular, que têm uma boa vida pessoal e vivem em paz com eles mesmos, que buscam uma boa vida cultural, ou seja, lêem livros, jornais e revistas de diversos temas além dos indicados pela escola, que vão ao teatro, ao cinema e que mantém um hobbie ou uma atividade que lhes traga prazer e relaxamento, passam com muito mais segurança por esta fase.
Todos estes fatores têm sido apontados pela grande imprensa dentro de três eixos:
1º) Hábito de estudo. Isso significa que você deve estudar não somente na véspera do vestibular, mas ao longo de sua vida escolar X horas por dia – eu indico pelo menos três horas. Revisar a matéria que você viu na escola pelo menos duas vezes por semana, nunca deixar lacunas nem brechas.
2º) Cultura. À medida que eu leio livros, revistas, visito sites, ou seja, quanto mais aberta está minha cabeça para investimentos em cultura, maior o meu vocabulário, meu raciocínio, minha habilidade crítica e analítica. Assim, eu tenho uma mente mais vasta, rica e ágil, que tanto no vestibular, quanto lá na frente na procura de um estágio, fazem uma diferença tremenda.
3º) Controle ou administração de suas emoções. Os melhores vestibulares têm mostrado que os melhores alunos são aqueles que têm uma boa auto-estima, apresentam válvulas de escape concretas para seu stress, são seus próprios amigos, sabem se auto-elogiar, aceitam que as derrotas fazem parte da vida e, constantemente, se dizem frases positivas perante as dificuldades da vida.
Além disso, o aspecto emocional também é favorecido pelo esporte. Não sei se você sabe, mas alunos que praticam esporte têm até 30% melhor desempenho em provas de memória. Sim, é isso mesmo. Praticar um esporte não só relaxa pela liberação de endorfina, como anima e excita o cérebro todo com a liberação de uma outra substância chamada adrenalina; além, claro, de servir muito bem para socializar e descontrair. Então, seja por meio da música, de um esporte, de um grupo positivo de amigos ou em viagens de aventura é muito importante ter uma válvula de escape para o stress.
Para finalizar esta questão, é importante resumir que os jovens que tendem a ter mais segurança no vestibular, são aqueles que:
– receberam estímulo de seus pais para enfrentarem desafios na escola e na vida social;
– souberam de seu real desempenho escolar e ouviram as verdades de seus professores e pais quanto a suas notas e comportamentos;
– entendem a importância de ler e realizam-na como hábito da casa ou, ao menos, para estarem atualizados, pois recebem incentivos para tal;
– receberam afeto incondicional e se sentem amados;
– vieram de escolas que exigem bastante dos alunos;
– souberam assimilar uma eventual repetência e aprenderam com seus erros na vida;
– são filhos de pais participantes, interessados e atentos ao seu desenvolvimento;
– praticam esportes competitivos ou, ao menos, gostam de desafios;
– são filhos de pais que demonstram autoridade na medida certa, que os educam com pulso firme, sem precisar agredir ou bater, para que os respeitem;
– demonstram uma boa adaptação na escola.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s