Mercado de Trabalho – Rio do Sul

MERCADO DE TRABALHO

Sites de Emprego e Estágio na Região do Alto Vale do Itajaí:

ACIRS

CATHO  ONLINE

Portal  IEL

-Programa Primeiro Emprego do Governo Federal (Clique)

-Caminho Humano | 15 Novembro, 336 s 7 |Rio do Sul / SC – 3522-1700

Concursos Públicos em Santa Catarina

PCI – Concursos – SUL

Concursos Públicos em SC

Portais de Empregos e Estágios Nacionais

Portais de Empregos e Estágios no Exterior

AboutJobs – no mundo
America’s Job Bank – nos EUA
Eurojobs – na Europa
Jobpilot – no mundo
Monster – na Europa, EUA, Canadá e Ásia
OverseasJobs – no mundo

Jornais e Revistas sobre Concursos

Notícias e Editais

Empresas que recebem Currículos On-line

Accenture Consultoria
Ambev
AOL
Arcor
Atento Teleatendimento
Bandeirante
Biosintética Farmacêutica
Bradesco
Braun
Bretzke Alimentos
Camargo Corrêa Construtora
Casas Bahia
C&A
Cia Hering
Cia Piratininga de Força e Luz
Cirio Brasil Alimentos
Cisper
Coca Cola Brasil
Confab Tubos
Continental
Cosipa
Curriex
Drogaria Iporanga
Embratel
Escolas de Diversas Cidades
Escolas de Santos
Fosfertil – Ultrafertil
Fujiyama Enxovais
Gradiente
Grupo Mendes
Grupo Pão de Açucar-Extra
Hopi Hari
Intelig
Itaú
Kodak
Livraria Cultura
Livraria Martins Fontes
Livraria Saraiva
Livraria Siciliano
Lojas Americanas
Lojas Besni
Lojas Renner
Magazine Luiza
Malwee
Marsh Corretora de Seguros
Modele Utilidades
Motorola Brasil
Nadir Figueiredo
Nestle
Oi
Orbitall Serviços e Processamento
Perdigao
Pernambucanas
Philips
PlayCenter
Procter&Gamble
Proplastik
Quiksilver Malhas
Real (Banco)
Reyco Plasticos e Aluminios
Rhodia Química
RiHappy
Sabesp
Sadia
Saint Gomain
Samsung
Santista Alimentos
Sony Brasil
Sthill Malhas
Submarino
Superatacado Makro
Supermercado Big
Supermercado Carrefour
Telefonica
Telemar
Tess Celular
Ultragaz
Unilever Higiene e Limpeza
UOL
Vésper
Vivo
White Martins
World Tennis
Zelo

Quando posso Trabalhar?

No Brasil, a Constituição Federal de 1988 (art. 7º, XXXIII)[9] admite o trabalho, em geral, a partir dos 16 anos, exceto nos casos de trabalho noturno, perigoso ou insalubre, nos quais a idade mínima se dá aos 18 anos. A Constituição admite, também, o trabalho a partir dos 14 anos (art. 227, § 3º, I), mas somente na condição de aprendiz (art. 7º, XXXIII).

A CLT (Consolidação das Leis do Trabalho[10]), em acréscimo, garante ao trabalhador adolescente entre 14 e 18 anos uma série de proteções especiais, detalhadas em seu Capítulo IV (artigos 402 a 441).[11] Entre elas, a proibição do trabalho “em locais prejudiciais à sua formação, ao seu desenvolvimento físico, psíquico, moral e social, e em horários e locais que não permitam a frequência à escola” (art. 403, § único). A CLT concede, também, ao trabalhador estudante menor de 18 anos, o direito de fazer coincidir suas férias com as férias escolares (art. 136, § 2º).

Leis do Estágio

A Lei de Aprendizagem (10.097 – promulgada dia 19/12/2000), que altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), determina que estabelecimentos de qualquer natureza devem ter de 5% a 15% de adolescentes (entre 14 e 24 anos incompletos), em cada estabelecimento, tomando como base o quadro de funcionários cujas funções necessitem de formação profissional.

Pela alteração, a lei possibilita que a contratação e a formação dos adolescentes seja feita não só pelos Serviços Nacionais de Aprendizagem (SENAI, SENAT, SENAC, SENAR e SESCOOP), mas também por Escolas Técnicas de Educação e por Organizações sem fins lucrativos.

Adolescente/Jovem

Ter de 14 a 24 anos incompletos;
Ter concluído ou estar cursando o Ensino Fundamental;
Deve estar vinculado ou se cadastrar em uma organização com Programa de Aprendizagem;
Durante a contratação, o adolescente tem direito à formação profissional, paralelamente ao ensino convencional;
O aprendiz pode ser contratado tanto pela organização quanto pela empresa;
É garantido o salário mínimo/hora, registro na Carteira de Trabalho e Previdência Social.

ONG

Organizações sem fins lucrativos e seus programas de aprendizagem devem ser registrados no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA);
As organizações e as empresas devem formar, acompanhar e avaliar o desempenho dos adolescentes, a fim de manter a qualidade do processo de aprendizagem;
As horas destinadas à formação teórica são acordadas entre a empresa e a organização sem fins lucrativos, desde que privilegiem a formação profissional do adolescente;
A organização juntamente com a empresa deve incentivar o adolescente a concluir os estudos convencionais.
Empresa

Diminuição do FGTS de 8,5% para 2,5%, exceto para os contribuintes pelo simples, em que a redução é de 8,0% para 2,0%;
O contrato de aprendizagem não pode ultrapassar dois anos;
Se o adolescente estiver cursando o Ensino Fundamental, o contrato de aprendizagem é de seis horas diárias, e nelas devem estar computadas as horas de aprendizagem teórica;
Após completar 16 anos o adolescente pode ser efetivado;
O adolescente não pode fazer hora-extra, nem trabalhar em locais insalubres;
Apesar de não serem obrigadas, as micro e pequenas empresas também podem contratar aprendizes.

Lei 11.180
Altera a idade limite de aprendizes de 18 para 24 anos e institui o Projeto Escola de Fábrica.

Resolução n°68 (CMDCA\SP)
Registro de entidades sem fins lucrativos que tenham por objetivo a assistência ao adolescente e a educação profissional. (Resolução referente à cidade de S. Paulo)

Resolução n°74
Fiscalização das entidades sem fins lucrativos.

Instrução Normativa n°26
Instruções para orientar a fiscalização das condições de trabalho no âmbito dos programas de aprendizagem..

Nota técnica n°52
O salário do aprendiz.

Portaria n°702
Normas para avaliação da competência das entidades sem fins lucrativos.

Portaria n°4
Trabalhos que podem deixar de ser insalubres, se estiver dentro de um padrão de segurança.

Portaria n°20
Trabalhos e lugares insalubres.

Decreto 2.208
Os objetivos da educação profissional.

Lei 9.394 Lei de diretrizes e base
Diretrizes e base da educação nacional.

Convenção n.°182 da OIT
Interdição das piores formas de trabalho das crianças e ação imediata com vista à sua eliminação.

Convenção N.°138 da OIT
Idade mínima para admissão em emprego.

E.C.A
Estatuto da criança e do adolescente.

Conanda
Lei que cria o Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente.

CMDCA
Lei que cria o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Paulo.

Programas de Apoio e Incentivo:
» Programa Primeiro Emprego do Governo Federal
» Programa Jovem Cidadão do Governo Estadual de SP
» Programa Primeiro Emprego do Governo Estadual do RS
» Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem)
» Programa Emprego Jovem da Prefeitura de Sorocaba (SP)
» Programa Juventude Cidadã da Prefeitura de São Bernardo (SP)
GUIAS DE PROFISSÕES Órgãos de Apoio e Orientação ao Estudante E  Mais:
» Relacionamos os
melhores guias da Internet
para você tirar todas as
dúvidas sobre profissões.
( ver )
» CIEE » Nube » Ministério do Trabalho
» Nape » Gelre » Feiras e Congressos
» Aprendiz » Estagiários.com » Canal Sua Profissão
» GNE » Fundação Mudes » Trabalho Voluntário
ESPECIAIS » Cursos Recomendados
» Marketing Pessoal » Guia de Empregabilidade » Guias de Profissões
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s