Medicina é o curso mais concorrido do Vestibular 2011 da UFPR

O vestibular 2010-2011 da Universidade Federal do Paraná (UFPR) registra um total de 43.839 candidatos inscritos. O número é ligeiramente superior ao do ano passado, quando 43.796 pessoas se inscreveram.

Os cursos mais concorridos são Medicina (41,54 candidatos por vaga), Publicidade e Propaganda (24,11), Arquitetura e Urbanismo (22,63), Direito Noturno (20,43), Direito Diurno (18,02), Jornalismo (17,74) e Biomedicina (16,04).

A relação candidato/vaga completa e a lista dos locais de prova da 1ª Fase estão disponíveis para consulta no site www.nc.ufpr.br.

A UFPR oferece neste ano 5.540 vagas, distribuídas em 95 opções de cursos de graduação. Desse total, 5.016 vagas serão preenchidas através do vestibular próprio da instituição. As demais 524, através do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) do Ministério de Educação.

O total de vagas é 35,1% superior ao ofertado pela UFPR até 2007, quando a universidade oferecia 4,1 mil vagas. Na época, a universidade tinha 70 opções de cursos -25 a menos do que possui hoje.

“Essa expansão da oferta de vagas é um grande salto, estamos crescendo sem perder o nível de qualidade, mantendo a excelência acadêmica. E queremos crescer ainda mais”, declarou o reitor Zaki Akel Sobrinho, durante entrevista coletiva nesta quinta-feira (4).

Questionado quanto à possibilidade de o Sisu vir a substituir o vestibular próprio da UFPR no futuro, o reitor afirmou não enxergar essa tendência. Ele disse acreditar que possivelmente a universidade venha a ampliar gradualmente o uso do Sisu, sem no entanto abdicar de seu processo seletivo.

“Fomos cautelosos, estamos usando o Sisu para 10% das vagas, de forma experimental. Nossa intenção é atender a população do Paraná”, disse Zaki Akel. “Sabemos que algumas universidades ficaram muito satisfeitas após aderir ao sistema. Vamos fazer um balanço. Quem irá definir essa questão será o Conselho Universitário.”

A atual edição do vestibular apresenta quatro novas opções de cursos em relação ao ano anterior: Agronomia (no Campus Palotina), Informática Biomédica, Tecnologia em Gestão Pública e Terapia Ocupacional noturno.

O vestibular da UFPR serve ainda para a seleção de candidatos aos cursos de formação de oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

As provas da primeira fase, marcadas para o próximo dia 14, acontecem em 27 locais de Curitiba e em outros três de Palotina. As da segunda fase estão previstas para os dias 5 e 6 de dezembro. Todas as provas serão realizadas no período da tarde.

O comprovante de ensalamento da primeira fase será disponibilizado no site www.nc.ufpr.br, a partir da próxima segunda-feira (8).

“Vamos antecipar a abertura dos portões em 15 minutos, para as 12h45, para evitar pontos de estrangulamento no trânsito”, informou Raul von der Heyde, coordenador do Núcleo de Concursos (NC) da UFPR.

Sobre o Enem e Sisu

O vestibular da UFPR irá selecionar os alunos para 90% de suas vagas. O percentual restante de vagas (10%) será preenchido através do Sisu. A universidade deve lançar em meados de dezembro um edital específico com as normas para o preenchimento das vagas através deste sistema do Ministério da Educação.

Como no ano passado, o Enem -cujas provas acontecem neste fim de semana- representará 10% da composição final da nota dos candidatos. Do total de candidatos, 33,3 mil (76%) assinalaram a intenção de utilizar a nota objetiva do Enem na composição de seu desempenho. Aqueles que não o fizeram poderão registrar o número de inscrição no Enem no momento de imprimir o comprovante de ensalamento da segunda fase do vestibular da UFPR. Quem não fizer isso terá, no máximo, 90% da nota do vestibular.

O vestibular irá selecionar 100% dos alunos nos casos dos cursos que exigem prova de habilidade específica (Arquitetura e Urbanismo, Design e Música) e dos cursos que contam com o processo seletivo estendido (Estatística, Matemática e Matemática Industrial).

Em cada curso da UFPR há ainda uma vaga destinada a pessoas com deficiência que se enquadrem nas categorias discriminadas no decreto federal de número 3.298/1999, em seus artigos 3º e 4º – este último com a redação dada pelo decreto 5.296/2004.

Perfil socioeconômico

Dos 43,8 mil candidatos ao vestibular da UFPR, 9.410 concorrem às cotas sociais, que reservam 20% das vagas para alunos que sempre estudaram em escola pública. Outros 2.075 disputam as cotas raciais, que destinam o mesmo percentual a candidatos negros.

As candidatas mulheres somam 23,4 mil (53,4%). Os homens, 20,4 mil (46,6%). Cerca de 40,1% terão até 18 anos de idade em 2011. Outros 15,3% completarão mais de 23 anos.

Aproximadamente 73,8% dos candidatos nasceram no Paraná; 10,5%, em São Paulo; e 6,6%, em Santa Catarina. Mais da metade (53,8%) dos vestibulandos mora em Curitiba; 15%, nas demais cidades da Região Metropolitana de Curitiba; e 14,1%, no interior paranaense.

As famílias de 61,2% dos candidatos possuem renda total de até R$ 3,3 mil. Mais de dois terços (68,3%) não exercem nenhuma atividade remunerada.

Quanto à formação no Ensino Fundamental e Ensino Médio, 37,5% sempre estudaram em escola pública; outros 29,9%, parcialmente.

Mais da metade (51,8%) nunca fez curso preparatório. Pouco mais de um quinto (21,6%) já iniciou algum curso superior.

Questionados sobre como se informaram sobre o processo seletivo, os candidatos citaram a internet (36,3%), colégio ou cursinho (33,2%), feira “UFPR Cursos e Profissões” (8,9%), TV (3,6%) e jornal (1,6%).

Entre os candidatos há 1.753 treineiros, que não concorrem efetivamente às vagas.

Mais informações: www.nc.ufpr.br

Veja também:
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s