Nossos resultados em 2011!

PROGRAMA DE AULA

1. Aula no Segundo ano de Orientação Profissional e Carreira

-Objetivo Central: Promover com encontros semanais discussões sobre profissões, mercado de trabalho, cursos universitários, projeto de vida, planejamento de estudos, questões emocionais inerentes ao tema vestibular, trazendo palestras, fazendo visitas em universidades e empresas, e lecionando aulas com teor prático, e a rigor, discutindo sempre sobre a criticidade da escolha dos alunos do Colégio Energia.

-Objetivo Estratégico: Ocasionar aos alunos do Segundo Ano, quando chegarem ao Terceiro Ano os alunos terem definido já a sua meta de vestibular, curso e universidade, para estarem motivados para estudar e buscar vencer um desafio concreto e definido.

-PROGRAMA INDIVIDUAL

1. Orientação para Escolha de Curso, Profissão e Carreira

a. Mais de 60 critérios para construção da escolha de curso.

b. Aplicação de Testes Psicológicos e Inventários.

c. Análise estratégica de profissões.

d. Preparação das Competências para enfrentar o mercado de trabalho.

2. Planejamento de Estudos

a. Como estudar e se organizar.

b. Como criar disciplina de estudo.

c. Tipos de memorização.

d. Elaboração de cronograma de estudos

e. Planejamento matérias.

f. Organização e controle do tempo.

g. Como se motivar para estudar (estabelecimento de meta).

3. Treinamento de Questões Emocionais

a. Diagnóstico dos fatores emocionais do candidato.

b. Avaliação dos fatores de pressão, estresse e ansiedade.

d. Atividades programadas permanentes.

e. Fatores comportamentais e treino vestibular.

4. Estratégia de Vestibular

a. Mapeamento dos cursos, universidades, candidatos por vaga, notas de corte, editais menos concorridos, roteiros de vestibulares.

-O QUE OS PAIS PODEM FAZER

1. Recomendamos que nesse período os pais tenham conversas abertas com seus filhos.
Existe a necessidade ajudá-los a entender suas escolhas, suas angústias, o momento em que ele estão vivendo, sempre pensando nas pressões que o aluno já passa com o processo do vestibular.

Existem alguns fatores para se refletir sobre o que o aluno ou filho, pode estar fazendo ou tem como sintoma emocional nesse período:

(__) Vitimização de sua condição atual

(__) Boicote do próprio estudo (procura outros afazeres)

(__) Família pressionando / Comparando com outros filhos / Valorizando somente desempenho (resultado igual a notas) e não empenho (esforço referente a horas de estudo e dedicação).

(__) A expectativa e o projeto de vida dos pais sobre a vida dos filhos pode ser um grande motivo de angústia e ansiedade, o que tem feito sobre isso?

(__) Medo de denegrir sua imagem entre amigos (vergonha)

(__) Auto-exigência

(__) Medo da reprovação

(__) Medo de não saber o conteúdo da prova

(__) Medo dos concorrentes, nota de corte, candidatos/vaga

(__) Medo de não dar tempo de realizar prova

(__) Medo de problemas logísticos (não chegar ao local de prova, faltar material, esquecer docs)

(__) Medo de decepcionar a família

(__) Dificuldade do vestibular (da prova)

(__) Insucessos anteriores (reprovação no passado)

(__) Fatores da necessidade de passar (qual o sentido de passar)

(__) Insegurança

(__) Pressentimento de nada saber

(__) Expectativa do pior

(__) Incapacidade de relaxamente

(__) Bloqueio afetivo / não saber o que fazer

(__) Tensão motora (tremor)

(__) Falsas interpretações da realidade pessoal

(__) Dificuldade de concentração e assimilação (aprendizagem)

(__) Tendência à dúvida (incompreendida(o))

(__) Tendência que os pensamentos negativos e derrotistas os dominem

(__) Inquietude interior.

Também elencamos uma série de problemas que podem ser avaliados, no tocante a dificuldades ou casos comuns de conduta referente a estudo, que devem ser acompanhados mais de perto pelos pais:

(__) Falta de Foco (Perdido em relação aos seus objetivos e estudo)

(__) Dificuldade de tomar decisões próprias (Dependência integral dos pais)

(__) Indisciplina (Não estuda de forma regular)

(__) Dificuldade de trabalhar em grupo (Não procura aprender com os colegas)

(__) Desorganização dos objetivos de vida (Sem projeto de futuro)

(__) Mal uso do tempo (Internet-MSN-Orkut)

(__) Notas baixas em provas, simulados e provas anteriores (Baixo desempenho)

(__) Déficit aprendizagem e atenção (Problemas psicológicos)

(__) Falta de Estudo (Aluno ausente)

(__) Medo para fazer prova (Problemas emocionais)

(__) Conflitos Pessoais familiares (Brigas, discussões, pressão, separação, ameaças)

(__) Dúvida em relação ao curso (Não fechou escolha)

(__) Limitações físicas (Auditiva, Visão, etc…)

(__) Preguiça (Para se dedicar)

(__) Indiferença (Estudar de qualquer jeito e sem objetivos)

(__) Problemas de controle Emocional (Histórico de problemas ansiogênicos)

(__) Problemas de sono (Insônia, pouca qualidade ou falta de regularidade)

(__) Dificuldade de se expressar oralmente e de escrita (Baixo nível de leitura)

(__) Dificuldade de terminar tarefas (Vícios de aprendizado)

(__) Nível da escola (Qualidade professores, conteúdo, material e logística)

(__) Quantidade e qualidade de estudo (Em todo ensino médio)

(__) Inexperiência (Testes de conhecimento e pressão anteriores)

(__) Crenças (Sobre a prova, vestibular, estudo)

Palestras de 2011

Presença de Caio Marçani – Jornalista da RBA

Presença do Designer Ricardo Seola

ricardoseola.com/

O catarinense Ricardo Seola saiu do Brasil há pouco menos de dois anos rumo à Itália, com o objetivo de se aprofundar no estudo do Design.

Alguns projetos

Presença de Sandro Alencar Fernandes da Área Local– Formado em Sistemas de Informação

Presença de Marlon Kaufmann – Ex-aluno do Colégio Energia e Advogado formado pela UFSC

Presença do Dr. João Augusto (Guto), Empresário e Dentista

DSC09131

Visita multiprofissional na empresa Dom Vitale

Presença de Bruno Padilha – Administrado e Corretor da Bolsa de Valores pela XP Corretora

DSC07485

Palestra – Prof. Cabral UFSC (1 de 04)
Em nossa viagem do Colégio Energia para UFSC, o coordenador do curso de Engenharia de Materiais, fala sobre como escolher profissões.

Palestra – Prof. Cabral UFSC (2 de 04)

Palestra – Laboratórios Engenharia UFSC (3 de 04)

Palestra – Laboratórios Engenharia UFSC (4 de 04)

4 pilares para prova do VESTIBULAR UFSC – Prof. Cabral (1 de 02)
Em nossa viagem do Colégio Energia para UFSC, o coordenador do curso de Engenharia de Materiais, que já fez várias vezes parte da Comissão do Vestibular da UFSC, conta dicas para passar por esse processo com mais êxito.

4 pilares para prova do VESTIBULAR UFSC – Prof. Cabral (2 de 02)

Visita UFSC

Visita ao Parque Ciência

Planetário da UFSC

Presença na minha disciplina de farmacêutico e fotógrafo Pablo Albino

DSC08689

Aula de Orientação Profissional e Carreira no Colégio Energia de Rio do Sul

Pablo Albino explicou a diferença entre química, bioquímica, engenharia química e farmácia para os alunos presentes. Apontou os desafios da formação, as áreas de atuação e a valorização que esses profissionais recebem do mercado de trabalho.

Além da profissão de farmacêutico e de ser professor universitário, Pablo Albino ainda revela que uma carreira pode ter uma transição para acatar seus sonhos de criança. Pablo sempre gostou de fotografia e depois de anos ele estudou fotografia e virou fotógrafo profissional. Conta para os alunos que não precisam desistir de uma profissão para ter outra, muito menos deixar de lutar pelos seus sonhos.

Palestra sobre o Curso de Arquitetura, na Disciplina de Orientação Profissional no Colégio Energia

Mais uma vez a arquiteta Janaina Schwinden vem a Rio do Sul fazer uma palestra com os alunos do Colégio Energia, para falar de sua experiência em arquitetura, urbanismo, decoração de interiores e projetos sofisticados. Além de falar sobre a formação acadêmica, a mesma explorou sobre a prática da Profissão. Neste ano, também se fez presente, sua sócia Célia Prety, que descreveu sua ampla experiência e apresentou o portifólio da empresa.

Os escritórios de arquitetura estão localizados na cidade de Itajaí e Rio do Sul em Santa Catarina, aliando  o conhecimento, a criatividade e a experiência em obras que traduzam as necessidades dos seus clientes.

A filosofia de atuação da equipe é a criação de boa arquitetura  —  a que exprime a época e o local em que é realizada, atende às necessidades funcionais para a qual foi concebida e, acima de tudo, encaixa-se no que se percebe como esteticamente agradável. Aquela, portanto, que encanta.

Auricélia Marques Nogueira Petry  &  Janaina Schwinden Bicalho.

Udesc visita Colégio Energia – Vestibular 2012

Nesta sexta-feira, dia 30 de setembro, esteve presente no Colégio Energia de Rio do Sul o Prof. Marino, diretor de extensão do Campus de Ibirama da UDESC. Além do terceiro ano ele palestrou na disciplina de Orientação Profissional e Carreira do Prof. Cristian Stassun.
O Prof. Marino falou sobre os cursos da UDESC, as potencialidades da região do Alto Vale e as formas de ingresso através do vestibular 2012/1.

Prova terá apenas uma etapa; questões sobre Santa Catarina deixam de ser cobradas

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) anuncia mudanças no formato do vestibular. O concurso terá apenas uma etapa, com questões gerais e objetivas. A prova deixa de ser vocacionada, como era feita há 19 anos, e as perguntas sobre Santa Catarina deixam de ser cobradas. As alterações ocorrem porque a Udesc deve adotar o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério de Educação.

As alterações já valem para o para o próximo concurso, marcado para 20 de novembro. O concurso, que era feito em duas fases, passa a ter só uma. Durante a manhã e a tarde, os estudantes responderão 120 questões objetivas, além de escrever uma redação, com tema comum para todos os candidatos.

As mudanças visam adotar, no futuro, o Sisu. O modelo vocacionado e as questões com temas regionais fogem da proposta do sistema, que além de tornar a seleção nacional, valoriza os conhecimentos gerais. Apesar disso, permanecem as provas práticas para os cursos de teatro e música.

Adoção ao Sisu

A adoção ao Sisu deve ser feita até 2013. Apesar disso, a Udesc não adotou o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), para compor a nota do vestibular, como fizeram outras universidades, como a Federal de Santa Catarina.

Outra mudança é o modelo de corte. Antes, classificava para a segunda etapa uma quantidade de alunos quatro vezes maior do que a oferta de vagas do curso. Agora, sem outra fase, terão redações corrigidas um número de estudantes cinco vezes maior do que a quantidade de vagas. Por exemplo, um candidato escolheu uma graduação com 40 vagas, ele terá o texto corrigido se ficar até a 200ª posição. O concorrente também precisa acertar pelos menos 12 questões objetivas, senão está desclassificado.

Ações afirmativas permanecem

As mudanças não prejudicam os estudantes que vinham se preparando para o modelo antigo do vestibular.

— Não acrescentamos nenhum conteúdo. Estamos reduzindo. O aluno que vinha se preparando para o vestibular vocacionado tem todas as condições de fazer essa prova, porque o conteúdo é o do ensino médio — ressaltou.

Desde o vestibular de inverno, a Udesc adotou o sistema de cotas. A universidade reserva 20% das vagas para os alunos de escola pública, 10% para os autodeclarados negros. Essa mudança permanece nesta edição.

Serviço

Inscrições abertas de 1º a 30 de setembro

Onde: site da Udesc

Prova: 20 de novembro

Modelo: No período matutino, com duração de 3h30min, os candidatos responderão a 60 questões objetivas divididas igualmente em Matemática, Biologia, História e Geografia. No período vespertino, serão 60 questões, sendo 20 de português, 15 de Física, 15 de Química e 10 de Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), além da redação com tema comum para todos os candidatos


O professor Marino ainda falou sobre processos de transferência interna, externa e reingresso de alunos.

Inscrições para Transferência Interna (2ª Etapa), Transferência Externa, Retorno ao Portador de Diploma e Reingresso após Abandono: de 17 a 21 de outubro.

As pessoas que já concluíram uma graduação e que gostariam de iniciar um novo curso, sem a necessidade de realizar novo vestibular podem tentar ingresso.

Maiores informações poderão ser obtidas através do e-mail secretaria.ceavi@udesc.br , ou então através do telefone (47) 3357-3077. Para maiores informações com o professor Marino:


Marino Luiz Eyerkaufer
E-mail: extensao.ceavi@udesc.br
Fone: (47) 3357-3077 Ramal 211

Márcio Oliveira, da Indústria e Comércio Oliveira, apresenta no Colégio Energia

 

DSC00596-1

Tivemos a presença nesta sexta-feira do Diretor da Indústria de Alimentos Oliveira, Márcio Oliveira, que trouxe aos alunos do Colégio Energia exemplo de uma empresa familiar de sucesso do Alto Vale. Falando de inovação, superação e gestão ele mostrou aos alunos a importância da boa formação e de ter um pensamento estratégico para os negócios da família.

Através da história da Indústria Oliveira ficou evidente a importância dos filhos se inserirem desde jovens no processo produtivo e desde aquele momento, irem se tornando protagonistas da evolução da empresa.

Marcio também destacou a importância da marca e da imagem impressa aos produtos. “Nem todos conhecem a empresa Oliveira, por que é também um sobrenome de família, mas quando chego nos meus clientes e mostro o nosso produto, principalmente a bala de banana Oliveira, todos conhecem. O produto chega antes da oferta e as pessoas reconhecem nossa tradição e qualidade”.

O empresário encerrou a palestra oferecendo aos alunos seus produtos para uma degustação. Nosso colega de profissão, professor Hare, adorou essa parte.

http://www.oliveira.com.br/

Ao completar 45 anos, a Oliveira mostra na prática a receita de seu sucesso e crescimento no mercado nacional.

Imagem do complexo industrial

Pioneira na região do Alto Vale do Itajaí, Santa Catarina, a Indústria e Comércio Oliveira especializada na produção de doces, conta com uma linha de oito produtos.

Ao completar 45 anos, a Oliveira mostra na prática a receita de seu sucesso e crescimento no mercado nacional.http://www.oliveira.com.br/img.php?h=540&img=fotos/empresa/complexo.jpg

Pioneira na região do Alto Vale do Itajaí, Santa Catarina, a Indústria e Comércio Oliveira especializada na produção de doces, conta com uma linha de oito produtos.

Sua maior referência, a Bala de Banana Oliveira está no mercado nacional há 40, dando à empresa a garantia de que seus produtos mais do que qualidade apresentam diferenciais que os mantêm atuantes e expansivos no mercado.

Todos os produtos são preparados com um sistema de qualidade para atender todas as exigências das legislações nacionais e internacionais e também do mercado.

Com toda essa estrutura a empresa distribui seus produtos em todo território nacional.

Dedicação, investimentos, competência e responsabilidade social. Essas são as palavras que trilham o caminho desta empresa de sucesso para o futuro.

Conheça
nossa história

Anúncios