Os 10 países que mais vão contratar em 2013

 

avatarUma pesquisa da consultoria CareerBuilder com mais de 6 mil gerentes de RH, listou os países dentre as dez maiores economias do mundo, que mais vão contratar força de trabalho em 2013. Confira os dez mais:

  1. Brasil: 71% das empresas entrevistadas vão contratar
  2. Índia: 67%
  3. China: 52%
  4. Rússia: 48%
  5. Reino Unido: 30%
  6. Alemanha: 29%
  7. Estados Unidos: 26%
  8. França: 24%
  9. Japão: 22%
  10. Itália: 19%

Fonte: CareerBuilder

Governo italiano oferece bolsas de estudo

 

Foto: Divulgação.

Foi publicado o edital das bolsas de estudo 2012-2013 do Governo italiano, dirigidas aos estudantes brasileiros e aos estudantes italianos residentes no Brasil (IRE).
Para o ano acadêmico 2012-2013, o Governo italiano oferece um total de 81 mensalidades de 700 euros aos estudantes brasileiros e 24 mensalidades, sempre de 700 euros, aos estudantes IRE.
Mais informações podem ser obtidas no endereço: http://www.ambbrasilia.esteri.it/Ambasciata_Brasilia/Archivio_News/BORSE_STUDIO_2012_2013.htm

Assessoria de Imprensa Udesc Joinville –
Jornalista: Isabela Vargas (SC 01915 JP)

Bolsa para Cursos de Língua e Cultura Espanholas 2012-2013

VIII Edital de Bolsas 2012/2013

A Universidade de La Rioja, comprometida com o trabalho de difusão do conhecimento e da Língua Espanhola, oferece o programa de Cursos de Língua e Cultura Espanholas 2012-2013, dirigido para estudantes e para graduados de Universidades Brasileiras ou com residência permanente na República Federativa do Brasil, que desejam aprender espanhol ou aperfeiçoar seus conhecimentos nesta língua.

Diante disto, conscientes da importância do Espanhol no Brasil, assim como de que a aprendizagem de um idioma é um elemento capaz de contribuir para a integração e para a coesão com os países iberoamericanos, a Universidade de La Rioja, com o apoio e patrocinado pelo Banco Santander, oferece 7 (sete) bolsas para a realização de um curso trimestral de Cursos de Língua e de Cultura Espanhola para o próximo ano acadêmico 2012-2013, gestionadas pela Fundação da Universidade de La Rioja.

Profissões e carreiras que podem entrar em extinção

Num mercado de trabalho cada vez mais dinâmico é bom ficar de olho no que é tendência para não embarcar em uma profissão sem futuro.

Thiago Foresti – Empregos.com.br

carreiras que podem entrar em extinção O mundo do emprego é muito dinâmico. Há alguns anos atrás você poderia fazer um bom dinheiro caso investisse em uma sapataria. Anos depois poderia trabalhar numa vídeo-locadora ou numa loja de revelação de fotos. Hoje em dia esses empregos são raros. Tudo por conta da própria dinâmica do mercado.

É bom sempre ficar de olho nas tendências do mercado para não ter surpresas na hora de investir numa carreira. Algumas profissões mudam tão rápido que é bom manter-se sempre atualizado. Um exemplo é a área de Tecnologia da Informação, que cada vez mais requer profissionais sempre atualizados. Não é raro alguns programadores terem que simplesmente esquecer uma linguagem pelo simples fato dela ter ficado obsoleta.

A tendência é de que o mercado de internet esteja bastante aquecido nos próximos anos. As empresas tem investido pesado em plataformas web para transferir seus negócios e precisam de profissionais qualificados para isso.

Outra área que terá bastante destaque no futuro são as relacionadas à biologia e ecologia. Com o problema do aquecimento global empresas e governos estão financiando muitas pesquisas nessa área.

Talvez o advento que mais está trazendo mudanças no mercado de trabalho seja a internet. Ela tem mudado praticamente tudo. Se antes esperávamos por um diagnóstico por meses, agora sabemos na hora. Já chegamos ao consultório praticamente sabendo da doença.

Leis? É a mesma coisa. Pra que advogado se podemos pesquisar toda a constituição e ir para o paragrafo que quisermos dando um Ctrl+f?

Catálogos, listas telefônicas, correios, indústria fonográfica, fotografia, classificados em jornais, mapas, agentes de viagem, todas essas coisas que fazíamos e consumíamos tranquilamente no passado podem ser feitas de forma diferente nos dias de hoje.

Mas mesmo assim é muito difícil adivinhar quais profissões devem ficar obsoletas. Alguns apostam que com a expansão do e-commerce não serão necessários mais vendedores, outras acham até mesmo que professores e jornalistas também serão coisa do passado. Mas é bom ter cautela na hora de apontar uma profissão que vai acabar. Afinal, se tendências não fossem tendências teriam o nome de certezas.

Matérias relacionadas:
Home Office é uma tendência, afirmam consultores
Acerte na escolha da profissão