Muita descontração pode prejudicar sua carreira

No ambiente de trabalho é bom tomar cuidado, não exagere na descontração para não parecer inconveniente.

Yngrid Paixão – Empregos.com.br

Muita descontração pode prejudicar sua carreira
Hoje em dia na maioria das empresas o clima não é mais tão formal como antigamente, porém, essa descontração sempre tem um limite. Não é porque você se sente a vontade no seu ambiente de trabalho que você vai se comportar como se estivesse num bar, com seus amigos. Por isso, separamos uma lista dos principais erros comportamentais nas empresas.

  • – Atraso: O fato de ter amizades e se sentir sobrecarregado, não te dá o direito de chegar atrasado. O atraso é considerado uma falta de respeito com seus colegas e superiores, pois todos têm um horário a cumprir, portanto cumpra-o.
  • – Reunião: Quando estiver numa reunião dedique-se a ela, preste atenção e mantenha o foco, caso precise realmente resolver algum outro assunto, peça licença e saia. Jamais atenda celular, ou converse com um colega enquanto a reunião estiver em andamento. E no caso de você estar fora da reunião e precisar urgente de alguém que esteja dentro, bata na porta, peça licença e entre devagar, faça o possível para não atrapalhar.
  • – Brincadeiras: Mantenha sempre o respeito com seus colegas, principalmente se forem fazer brincadeiras. Existe um limite muito delicado para piadas. Algumas delas podem soar preconceituosas e de mau gosto, portanto, pense bem antes de brincar, mesmo com aquelas pessoas que você tem maior intimidade.
  • – Broncas: Jamais dê broncas ou chame a atenção de alguém na frente de outras pessoas. Lembre-se que ali é seu ambiente de trabalho, as pessoas que ali se encontram, são apenas colegas de trabalho, mas uma vez mantenha o respeito.
  • -Pressão: Cuidado quando for cobrar alguém de alguma determinada tarefa, lembre-se que cada um tem seu tempo e prioridade para realizar determinada coisa. Tenha paciência e educação quando precisar fazer pressão, mas não fique no pé de ninguém nem perturbe o ambiente, pois, no fim, o prejudicado pode ser você.
  • – Discrição: Mantenha sempre a discrição na hora de se referir ou olhar para alguém, as pessoas podem se sentir incomodadas ou até mesmo desrespeitadas. Nunca se esqueça de que está no trabalho e não num bar, seja sutil.

Matérias relacionadas:
O mau comportamento de um profissional pode ser identificado nos testes seletivos?
10 gafes que arranham sua imagem profissional
Etiqueta no ambiente de trabalho

Obama anuncia plano para facilitar visto para brasileiros para os EUA

Para impulsionar a criação de empregos nos Estados Unidos o presidente americano quer aumentar o número de turistas do Brasil e da China

Por *Época NEGÓCIOS Online
  AFP

Obama escolheu o parque temático Magic Kingdom da Disney para fazer o anúncio do novo plano
  AFP

Com a medida, os EUA esperam incentivar o crescimento de sua economia

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assinou nesta quinta-feira (19/01) uma ordem executiva para aumentar em 40% a capacidade de atendimento para a concessão de vistos em seus consulados no Brasil e na China em 2012, entre outras medidas para potencializar o turismo.

O cenário escolhido para o anúncio, o parque Magic Kingdom, da Disney, não poderia ter sido mais apropriado. No ano passado, a embaixada e os consulados dos EUA emitiram quase um milhão de vistos para brasileiros. A intensa procura pelo visto tem provocado fila de meses. Nesta quinta, a próxima data disponível para o pedido de visto em São Paulo, por exemplo, é apenas para 4 de abril.

+ Americanos paparicam brasileiros em Miami

A ordem inicia um extenso plano focado em impulsionar a criação de empregos nos Estados Unidos por meio do incentivo a viagens turísticas de cidadãos de países emergentes, segundo informou a Casa Branca em comunicado.

+ Brasileiros estão em 3º em lista de turistas que mais gastam nos EUA

 

FOLHAPRESS

Fila do lado de fora do Consulado Americano em São Paulo: quem pedir o visto hoje fará a entrevista em 4 de abril

As solicitações de vistos para os Estados Unidos tramitadas no Brasil aumentaram 42% em 2011 e o governo de Obama calcula que para 2016 as viagens dos brasileiros ao país terão aumentado 274% com relação a 2010.

+ Estilistas famosos fazem criações para a campanha de Obama

Para fazer frente a essa demanda, o Departamento de Estado quer se certificar que 80% dos solicitantes de vistos de turista no Brasil e na China possam ser submetidos à entrevista nas três semanas seguintes ao recebimento do pedido. Além disso, trabalhará para expandir o programa que exime os visitantes da necessidade de um visto e ampliar a duração permitida de sua estadia nos EUA.

+ Obama adere ao Instagram

Tanto no Brasil como na China será iniciado um programa piloto para processar as solicitações de visto, que inclui a possibilidade de prescindir de entrevistas para os viajantes considerados “de baixo risco”, como os que estejam tentando renovar seu visto de não imigrante. No caso do Brasil, é previsto também que “os jovens ou aqueles que solicitem o visto pela primeira vez” possam viajar sem entrevista prévia , segundo o comunicado.

Além disso, os Estados Unidos acrescentarão Taiwan à lista de 36 nações que podem viajar ao país a turismo sem necessidade de visto. “A cada ano, dezenas de milhões de turistas de todo o mundo vêm visitar os Estados Unidos. E quanto mais visitantes vierem, mais americanos voltarão a trabalhar”, disse Obama em comunicado.

+ Os melhores lugares para visitar em 2012

O governante incluiu a iniciativa em seu programa de criação de emprego “We Can’t Wait” (Nós não podemos esperar, em tradução livre), impulsionado mediante ordens executivas que não precisam de aprovação do Congresso.

Segundo a Casa Branca, se os Estados Unidos aumentarem sua participação no mercado turístico internacional, podem ser criados no país mais de um milhão de empregos na próxima década.

Editora Globo

Brasilienses aguardam, em frente à Embaixada dos Estados Unidos, a entrevista para obter o visto

Fila de meses
Não é à toa que o presidente Obama anunciou tais medidas nesta quinta-feira. A espera para tirar o visto no Brasil tem chegado a três meses em alguns casos. Para tentar melhorar a situação, o Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo chegou inclusive a fazer neste mês um mutirão, com 2.100 vagas extras para solicitantes. Segundo o consulado, até abril, serão realizados aproximadamente doze mutirões na embaixada e nos consulados de Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Recife.

Em 2011, a embaixada e os consulados dos EUA emitiram quase um milhão de vistos para brasileiros, um aumento de 57% sobre o volume de 2010. O crescimento estimado para 2012 é de 30%.

Milhões em compras
O Brasil é hoje o quinto país que mais envia visitantes aos Estados Unidos. A expectativa é que 1,5 milhão de brasileiros tenham visitado os EUA até o final de 2011, superando o recorde de 1,2 milhão de 2010.

Os brasileiros ocupam hoje a terceira posição na lista de turistas que mais gastam nos Estados Unidos, atrás apenas de britânicos e japoneses, de acordo com o Departamento de Comércio. Considerando somente os gastos em Nova York e na Flórida, os brasileiros ocupam o topo do ranking. Desde 2003, eles aumentaram suas despesas nos EUA em 250%, o que os levou a escalar quatro colocações no ranking, deixando para trás franceses, australianos, sul-coreanos e alemães. A valorização do real e o aumento dos preços dentro do país são alguns dos motivos que geraram esse aumento.

*Com informações da Agência Estado e EFE

Siga Época NEGÓCIOS nas redes sociais

Como recuperar um dia improdutivo em alguns minutos

O seu planejamento para o expediente foi por água abaixo? Especialistas ensinam como reverter isso

Relogio quebrado com ponteiros de tesoura

Aprender a priorizar as atividades é essencial para resgatar os minutos que restam do seu expediente

São Paulo – O relógio no computador denuncia que o tempo voou, você não viu e a maior parte do expediente passou bem longe das tarefas mais importantes do dia – seja porque você ficou numa reunião mal resolvida ou, simplesmente, se perdeu com tarefas, digamos, não tão relevantes assim.

Mas, calma, o dia ainda não está de todo perdido. De acordo com especialistas, com foco, uma pitada de disciplina e administração do tempo, é possível salvar um expediente que tinha de tudo para ser o mais improdutivo de todos os tempos.

1. Faça uma pausa
Até agora nenhuma atividade fluiu dos seus dedos ou neurônios? Então, o ideal é fazer uma pausa e respirar um pouco. “Vá tomar um café, isso aumenta o nível de glicose no sangue e permite uma organização melhor das informações”, diz Christian Barbosa, da Triad Consulting.

Atenção: esse “break” deve ter de 5 a 10 minutos. No máximo. Alguns minutos para além desse limite já entram na zona de procrastinação.

2. (Re)Planeje-se
É hora de ter uma visão do todo. Por isso, segundo Luciano Meira, diretor de conteúdo e facilitação da FranklinCovey Brasil, o ideal é fazer o planejamento semanal de todas as suas atividades.

Com isso, em dias fadados à improdutividade, sua única tarefa seria reestruturar a semana, adequando as tarefas menos emergenciais para os dias que se seguem. “Você ganha a visão do todo. Isto dá mais tranquilidade”, diz o especialista. “Se eu não tenho a visão total, estou fadado ao desequilíbrio”.

“No mínimo, a pessoa tem que planejar os próximos três dias. Se ela ficar restrita apenas ao dia seguinte, entrará no ciclo das atividades urgentes, sem pensar no que é importante”, afirma Barbosa.

3. Separe joio do trigo

Para fazer isso com eficácia e decidir quais tarefas atacar primeiro é preciso aprender a separar quais são as tarefas urgentes daquelas que são “apenas” importantes.

“Tarefas urgentes são aquelas que você deve fazer imediatamente. São coisas que trazem pressão e estresse”, descreve Barbosa. “Já as atividades importantes demandam tempo e sempre trazem resultados positivos”.

Exemplo: um cliente envia um e-mail informando que determinado produto não foi entregue. Enquanto outro informa que gostaria de agendar uma reunião para discutir algumas ideias para o projeto que deve ser concluído em algumas semanas. Ambas requisições são importantes, mas o primeiro caso é urgente. Neste caso (e neste dia), dê prioridade para o primeiro caso.

Para mapear com rapidez quais são essas áreas críticas, Meira aconselha algumas estratégias. Primeiro, cheque sua caixa de e-mails. “Mas não é para olhar todas as mensagens. Leia apenas aquelas que, realmente, são relevantes”, diz.

Para isso, o especialista segue uma prática simples. No Microsoft Outlook é possível criar filtros que alteram a cor da mensagem dependendo do emissor. “Coloque, por exemplo, a cor vermelha para todos os e-mails que vierem do chefe ou de clientes muito importantes. Com isso, você bate o olho e já sabe o que precisa ler”, afirma.

Se você passou o dia fora do escritório, por exemplo, entre em contato com pessoas chave do projeto que você está tocando para saber quais são as pendências que dependem de uma rápida ação de sua parte.

4. Foque no que é urgente e desconecte-se

É hora de focar ao máximo. Para isso, nada melhor do que desligar todos os meios de distração – leia-se (em alguns casos): redes sociais e e-mail. Está quase off-line? Então, uma a uma, destine toda a sua atenção para as questões urgentes do dia.

Se ainda sobrar tempo, priorize as questões mais importantes que ficaram pelo caminho. Se não der tempo de terminá-las, organize-se para os dias que se seguem. Com o máximo de otimismo e realismo. Nada de atolar a agenda do dia seguinte só porque o atual não foi tão produtivo assim.

“Só a ansiedade de ter uma lista imensa de coisas para fazer já acaba com a sua vida”, afirma Barbosa. “Uma coisa que as pessoas precisam entender: o mundo não vai acabar. A vida continua. Tudo pode ser resolvido. Relaxa”.